Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Montalegre
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Pitões das Júnias | V Jornadas Galego-Portuguesas

B6b7094ffc1459785020 1 1024 2500
Pites das jn 7054 160404165639 1 1024 2500
Pites das jn 3165 160404165639 1 1024 2500
Pites das jn 5337 160404165639 1 1024 2500
Pites das jn 418 160404165639 1 1024 2500
Pites das jn 7122 160404165639 1 1024 2500
Pites das jn 2634 160404165644 1 1024 2500
Pites das jn 1177 160404165656 1 1024 2500
Pites das jn 3867 160404165656 1 1024 2500
Pites das jn 4970 160404165707 1 1024 2500
Pites das jn 4558 160404165707 1 1024 2500
Pites das jn 7988 160404165707 1 1024 2500
04 Abril 2016

A turística aldeia de Pitões das Júnias, concelho de Montalegre, acolheu a quinta edição das "Jornadas das Letras Galego-Portuguesas". Dos diversos oradores que participaram, destaque para a presença de Francesco Benozzo, poeta, músico e filólogo italiano. Na abertura do evento, Orlando Alves, presidente da Câmara Municipal, lembrou a importância da «defesa dos valores culturais no desenvolvimento dos povos».

Organizadas pela junta de freguesia de Pitões das Júnias, em parceira com o grupo "Desperta do Teu Sono", decorreram em Pitões das Júnias as "V Jornadas das Letras Galego-Portuguesas". Ao longo de dois dias os vários oradores apresentaram trabalhos sobre temáticas ligadas à origem da cultura e ao passado celto-galaico.
 
A IMPORTÂNCIA DA ORIGEM
 
Orlando Alves, presidente do município de Montalegre, realçou a importância de «sabermos o que somos» consolidando «uma estrutura forte na definição do futuro». Durante dois dias um conjunto de pessoas debateu «a cultura dos povos», um assunto sério e de «grande importância», referiu o edil.
 
DESAFIO À ORGANIZAÇÃO
 
No último dia da iniciativa, David Teixeira, vice-presidente da autarquia, reconheceu a importância destas jornadas e, por isso, lançou um desafio à organização para «uma apresentação dos resultados de cada edição» que pode traduzir-se, por exemplo, «numa exposição que possa percorrer os polos do Ecomuseu de Barroso» dando continuidade a este trabalho.
No final, Lúcia Jorge, presidente da junta de freguesia de Pitões das Júnias, agradeceu o contributo dos participantes. Defendeu que estiveram presentes «bons historiadores que trouxeram dados muito concretos e válidos». Por sua vez, José Manuel Barbosa, responsável pelo grupo "Desperta do Teu Sono", referiu que «a cada edição, a qualidade melhora com teorias muito fortes que nos colocam no centro do universo».
 
PROGRAMA
 
2 de Abril
1º Painel: Modera: Maria Dovigo
10:00 Apresentação das V Jornadas das Letras galego-portuguesas.
10:30 1º Palestra: Marcial Tenreiro: A lança na água e a espada na pedra. Rito e Território entre germanos e celtas.
11:15 2ª Palestra: Marcos Celeiro: A Simbologia da cruz céltica e a sua evolução.
12:00 Debate
14:00 Comida
2º Painel: Modera: Maria Dovigo
16:30 3ª Palestra: Francesco Benozzo (Trad. Joam Paredes): Uma paisagem Atlântica pré-histórica. Etno-génese e etno-filologia paleio-mesolítica das tradições galego-portuguesas.
17:15 Debate
18:30 Atuação de 2naFronteira e convidados.
20:00 Ceia-Churrascada popular.
22:00 Programa Erasmus: "Adventure of Reading", Folião e Gaiteiros de Pitões.
 
3 de Abril
3º Painel: Modera: Lúcia Jorge (Presidente da Junta de Freguesia)
10:00 4ª Palestra: Graciano Barros: Ourivesaria e arte céltica no S. XXI no NW peninsular.
10:45 5ª Palestra: José Rodrigues. A raiz celta dos Ordálios medievais.
11:15 Debate
12:00 Conclusões (Maria Dovigo e Lúcia Jorge).
13:30 Encerramento das Jornadas.
14:00 Comida
16:00 Visita ao pólo do Ecomuseu.
16:45 Visita ao Mosteiro de Pitões.
17:30 Visita à Cascata.