Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Montalegre
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

"Semana do Barrosão" | Oportunidade de desenvolvimento

23 Julho 2014
6a10d3faff1406108671 1 1024 2500

Evento estreia promovido pela Câmara Municipal de Montalegre, a "Semana do Barrosão" é inaugurada esta sexta-feira em Salto, pelas 15 horas, pelo Ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro. O presidente da autarquia, Orlando Alves, explica o porquê desta aposta e o que pode espelhar, no futuro, para o tecido económico do concelho.


O que representa, como evento, a "Semana do Barrosão"?
Representa a consagração e denúncia públicas de uma oportunidade de desenvolvimento para o nosso território. Representa, também, uma alavanca de desenvolvimento agropecuário que se instala no nosso território e que está confinada à freguesia de Salto e que, de certa forma, passa ao lado do sentir do comum dos barrosões. O objetivo está também definido: perspetivar um futuro melhor para quem, teimosamente, se dedica e se esforça na preservação da identidade barrosã.
 
Salto possui o solar da raça barrosã. O que tem faltado para que os produtores ganhem dinheiro com a raça barrosã?
Mais incentivo. A freguesia de Salto, lamentavelmente, é o único território onde as pessoas se dedicam exclusivamente à criação da raça barrosã. O gado de raça barrosã é um "monumento" que faz parte da identidade do território barrosão. Por questões económicas foram introduzidas outras espécies no Alto Barroso e a raça barrosã ficou confinada a freguesia de Salto. Os produtores que se dedicam à criação de gado da raça barrosã têm muito prejuízo. Uma cria de uma qualquer outra raça, em seis ou sete meses, atinge 200 quilos. A do gado de raça barrosã atinge 90 no máximo. Esta gente que se dedica a criar exclusivamente esta raça, que perde dinheiro por defender o património barrosão e por se dedicar de corpo e alma à consagração da identidade barrosã, merece que o município lhe tribute uma semana e, dessa forma, os agracie, reconhecendo o esforço imenso que vêm fazendo na preservação do nosso património.
 
Que dados existem que provam a aposta na raça barrosã?
Basta referir, por exemplo, que no ano passado, na freguesia de Salto, nasceram 926 cabeças de gado de raça barrosã. Há aqui um envolvimento de jovens produtores pecuários, gente que é hostil à introdução de outras espécies. Esta fidelidade à raça, este carinho pela raça que os barrosões chamam de "nossa", a raça portuguesa, merece o reconhecimento da Câmara Municipal.
 
A divulgação do evento o que pode provocar?
Acima de tudo vai permitir que, durante um fim de semana, se deguste a carne excelente da vitela barrosã. De certa forma, está toda a gente convidada a participar. Vai ser uma oportunidade de divulgar a qualidade desta raça, dando-a a conhecer à imprensa e também oferecer conhecimentos aos produtores para que percebam melhor a qualidade e excelência da matéria prima como trabalham. No futuro, se soubermos trabalhar o dossier da carne barrosã, pode estar aqui uma mais-valia, por forma a que aquilo que hoje para os agricultores representa um prejuízo, a breve trecho se transforme numa mais-valia, de que resultem proventos significativos. Basta termos alguém que saiba trabalhar este assunto e que saiba colocar no mercado nacional, e não só, a qualidade desta carne, devidamente embalada e protegida com selo de qualidade e de denominação de origem que já tem. Só assim pode ser considerado um produto de excelência.
 
O que podemos encontrar neste evento?
Em torno do que já foi explicado, há pretexto para muita animação e vários colóquios com intervenções de muita gente que está enfarinhada na questão da comercialização. Entre as várias personalidades, vamos ter a presença do senhor Ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, e do senhor Secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, Nuno Vieira e Brito. No evento marcam presença alguns chefes de cozinha onde iremos ter a oportunidade de degustar e apreciar a qualidade da carne barrosã. Em suma, será uma oportunidade para que a freguesia de Salto se destaque como terra onde reside o solar da raça barrosã.
"Semana do Barrosão" - Oportunidade de desenvolvimento!