Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Montalegre
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

XXVII Feira do Fumeiro | Reunião preparatória com produtores

23 Novembro 2017
A1f44e9bde1511450003 1 1024 2500

A sala polivalente do pavilhão multiusos de Montalegre acolheu a reunião preparatória da XXVII Feira do Fumeiro. O encontro ficou marcado, entre outras notas, pelo anúncio público onde a autarquia irá assumir, na sua totalidade, o abate dos animais desde que seja realizado no Matadouro Regional. O investimento é de 60 mil euros, verba que se junta aos 100 mil aplicados na organização do evento. Os preços não mudam. As inscrições devem ser feitas até 20 de dezembro.

A Câmara de Montalegre e a Associação de Produtores de Fumeiro da Terra Fria Barrosã reuniram com o objetivo de aperfeiçoar edições anteriores e, também, divulgar e fazer cumprir a nova legislação. A organização começou por transmitir que todos os suínos inscritos para esta edição devem obrigatoriamente ser abatidos no Matadouro Regional do Barroso e que a autarquia vai assumir o valor correspondente a esse ato. Uma novidade que encheu de satisfação os produtores.
 
CUSTO DOS ABATES ASSUMIDO PELA CÂMARA
 
Orlando Alves, presidente da Câmara de Montalegre, refere que de ano para ano o objetivo é «evoluir com qualidade e atingir o nível de excelência» e nesse sentido «não se economizam verbas» porque, acrescentou, «falamos de um evento que é motor de desenvolvimento do concelho», congrega um vasto número de «produtores que garantem a fixação de pessoas e a sustentabilidade do concelho». Por todas estas razões «o município assume as despesas com o abate dos animais, somado a outros investimentos, para que a feira continue a ter a notoriedade e o reconhecimento das milhares de pessoas que nos visitam».   
 
VANTAGENS NO CUMPRIMENTO DA LEI
 
Por sua vez, para Boaventura Moura, presidente da Associação de Produtores de Fumeiro da Terra Fria Barrosã, «o abate de todos os animais no matadouro é obrigatório por lei, tem que ser cumprido e o facto de ser financiado é mais-valia para os produtores». A somar a isso «trás vantagens para as condições de cura do produto no que respeita à temperatura ideal de frio». O responsável informou, ainda, que a associação coloca ao dispor dos associados uma máquina de etiquetagem de embalagens.
 
CONTEXTUALIZAÇÃO
 
Dizer que a sessão promoveu o quarto encontro de produtores de fumeiro - levado a cabo pela Associação dos Produtores de Fumeiro Da Terra Fria Barrosã, em parceria com a Câmara Municipal de Montalegre - destinado a potenciar «a competitividade e valorização da fileira do fumeiro, estimular a cooperação entre os agentes e incrementar os níveis de inovação nos processos de produção e comercialização». Aconteceu no âmbito da execução do projeto "Fumeiro de Montalegre – Cooperar para competir e desenvolver". Do encontro de produtores - decorre de uma candidatura aprovada ao Sistema de Incentivos às Ações Coletivas do Norte 2020 e estará em curso até janeiro de 2019, em Montalegre - constou uma sessão sobre a temática "Transporte de suínos da exploração para o matadouro e abate – procedimentos documentais e boas práticas de bem-estar animal".
 
CONTACTO
 
Associação dos Produtores de Fumeiro da Terra Fria Barrosã
Posto de Turismo, Praça do Município
5470-214 Montalegre
Tel.: 276 510 200 | 966 960 887
Correio electrónico: [email protected]
Site Oficial: http://www.fumeirodemontalegre.pt
A1f44e9bde1511450003 1 1024 2500
Montalegre reun 6690 171123151428 1 1024 2500
Montalegre reun 435 171123151429 1 1024 2500
Montalegre reun 5635 171123151439 1 1024 2500
Montalegre reun 670 171123151439 1 1024 2500
Montalegre reun 3640 171123151439 1 1024 2500
Montalegre reun 9196 171123151439 1 1024 2500
Montalegre reun 6763 171123151439 1 1024 2500
Montalegre reun 9272 171123151439 1 1024 2500
Montalegre reun 2980 171123151451 1 1024 2500