Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Montalegre
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Barracão | Primeira ligação às "Águas do Norte"

17 Agosto 2018
Ramal de agua  barracao   2  1 1024 2500

O Matadouro Regional do Barroso e Alto Tâmega passa a ser abastecido, também, pela rede de distribuição de água que percorre a Estrada Nacional 103. Na aldeia do Barracão foi construído um ponto de entrega a partir da captação de água na conduta principal que vai abastecer a infraestrutura sempre que for necessário. Posteriormente, a rede de água irá servir a aldeia do Cortiço.

TEM A PALAVRA

Orlando Alves | Presidente da Câmara de Montalegre
«Hoje damos o pontapé de saída num processo longo e complicado que tem o seu epílogo com a adesão que se perspetiva e em que estamos a trabalhar afincadamente. Falo da adesão às Aguas do Norte. Aproveitando a linha de abastecimento, que já existe ao longo da Estrada Nacional 103, as populações circundantes irão ser abastecidas por esta conduta. O mesmo acontece com a vila de Montalegre, Vilar de Perdizes e Salto. É um processo irreversível. As alterações climáticas obrigam-nos a sabermos perspetivar o futuro e a sermos cautelosos. De uma hora para a outra, o caudal do rio Cávado pode ficar muito reduzido e a população de Montalegre pode ficar sem abastecimento. Cabe aos autarcas acautelar estas situações e, por isso, estamos a trabalhar o contrato de adesão às Águas do Norte. Iniciamos agora a utilização da água da barragem dos Pisões para o funcionamento do Matadouro Regional. Este ramalde já conta com um investimento de 50 mil euros. De seguida, vamos avançar com o abastecimento à aldeia do Cortiço. Estamos numa fase em que estamos debaixo da ameaça da entidade reguladora que define as taxas a aplicar que aplicará coimas elevadas se a taxa não for cumprida. Somos obrigados a fazer ajustamentos. É inevitável, a lei funciona assim e deve ser cumprida».

José Luís Nogueira | Responsável pelo Matadouro Regional do Barroso e Alto Tâmega
«Era uma necessidade que o matadouro tinha há muito tempo. Era um fator essencial para o funcionamento desta estrutura. No ano anterior debatemo-nos com muitas dificuldades porque a água não era suficiente. É a resolução de um problema. Vamos ficar ligados à rede. Até agora tínhamos recorrido aos serviços dos bombeiros que, durante o verão, repunham a água diariamente».

ramal_de_agua__barracao___3_
ramal_de_agua__barracao___4_
ramal_de_agua__barracao___5_
ramal_de_agua__barracao___6_
ramal_de_agua__barracao___7_
ramal_de_agua__barracao___8_
ramal_de_agua__barracao___9_
ramal_de_agua__barracao___10_
ramal_de_agua__barracao___12_