Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Montalegre
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Palestra | E se fosse consigo? (cancro da mama)

29 Outubro 2018
Montalegre   e se fosse consigo  cancro da mama   9  1 1024 2500

Decorreu no auditório da biblioteca municipal de Montalegre a iniciativa "E se fosse consigo?". Promovida pelas barrosãs Maria José Afonso e Manuela Duarte, teve casa cheia e consciencializou para a realidade clínica e social de doentes afetadas pelo cancro da mama. A sessão contou com os esclarecimentos de especialistas da área e os testemunhos de mulheres de Montalegre e Chaves, elas que estão em destaque na exposição fotográfica patente.

TEM A PALAVRA

Fátima Fernandes | Vereadora da Educação e Ação Social da Câmara de Montalegre
«Foi uma noite fantástica. Estas mulheres não tiveram pejo em partilhar connosco momentos muito difíceis das suas vidas. Quando formos nós, porque segundo os números da Organização Mundial de Saúde, uma em cada duas pessoas vai ter um cancro, vamos estar melhor informados. Vamos socorrer-nos destes testemunhos. Hoje em dia ter o diagnóstico de cancro não é automaticamente uma sentença de morte. Os oncologistas são seres fantásticos e únicos. Foi uma sessão muito relevante e as pessoas corresponderam. Estes casos educam-nos. Compete a cada um de nós fazer qualquer coisa de bom e útil. Foi isso que estas senhoras fizeram. O tema tem uma enorme importância e o auditório esteve à altura disso. Todos nós saímos daqui mais enriquecidos».

Maria José Afonso | Organização
«Acho que a sociedade pertence a todos. Devemos fazer cidadania dentro e fora de casa. Esta ação é muito importante por ser descentralizada. Foram duas cidadãs anónimas que decidiram unir-se e dar o que mais amam fazer, a fotografia e a comunicação. Reunimos as mulheres. A Manuela fotografou e eu contei as histórias de vida e tratei de promover e organizar esta tertúlia. Se cada um der um bocadinho de si à sociedade, juntos vamos mais longe. Esta noite foi fruto disso. A sala esteve cheia para ouvir excelentes depoimentos, quer a nível científico, quer a nível empírico, das mulheres que contaram como é passar por este drama. Ser cidadão ativo é isto e todos podemos contribuir para uma sociedade melhor».

Francisco Taveira | Médico-cirurgião oncoplasta
«Agora é preciso continuar a pensar em tudo o que foi dito. Há muita sensibilidade e emoção nos doentes. Em relação aos profissionais, há uma tentativa de racionalização de todo o contexto mas acabamos emocionados. As mulheres foram as estrelas. Falaram de aspetos importantes que tem que ser transpostos. Isto é uma aprendizagem. Falamos de questões sociais muito sérias. Para quem, como eu, tem a responsabilidade de organizar equipas, é fundamental colher estes elementos e transpô-los para o nosso trabalho diário. São lições de humildade muito fortes para os profissionais».

Marta Sousa | Médica-oncologista
«São momentos muito importantes para os doentes. Sensibilizar a sociedade para o que se passa neste tipo de diagnóstico é uma forma de podermos apoiar e para que todo o nosso trabalho tenha o sucesso que pretendemos. Tenho uma relação muito especial com os meus doentes. Os médicos passam a ser os seus confidentes. Lidar com isso fez-me crescer e tornou-me numa pessoa muito melhor».

Fernando Alves | Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro.
«Era uma obrigação estar nesta sessão. Para estar na administração é preciso perceber os doentes. O doente é uma unidade produtora de saúde e se ele não colaborar, nada acontece. Sei que todas as equipas e pessoal envolvido dá o seu melhor mas os doentes são a raiz do sucesso. Um administrador não pode ficar no seu gabinete à espera que as coisas aconteçam. Hoje fiquei mais rico com tudo o que ouvi. Estou muito feliz e voltarei sempre que necessário, dando o meu contributo. Se estivermos informados deixamos de ser doentes e passamos a ser pessoas que sabem viver e ultrapassar a doença.

MONTALEGRE | E SE FOSSE CONSIGO?
- Cancro da mama - 


Montalegre   e se fosse consigo  cancro da mama   1  1 1024 2500
Montalegre   e se fosse consigo  cancro da mama   2  1 1024 2500
Montalegre   e se fosse consigo  cancro da mama   3  1 1024 2500
Montalegre   e se fosse consigo  cancro da mama   5  1 1024 2500
Montalegre   e se fosse consigo  cancro da mama   6  1 1024 2500
Montalegre   e se fosse consigo  cancro da mama   8  1 1024 2500
Montalegre   e se fosse consigo  cancro da mama   10  1 1024 2500
Montalegre   e se fosse consigo  cancro da mama   11  1 1024 2500
Montalegre   e se fosse consigo  cancro da mama   12  1 1024 2500
Montalegre   e se fosse consigo  cancro da mama   13  1 1024 2500