Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Montalegre
Logótipo de Município de Montalegre
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Rating Municipal Português | Montalegre - Terceiro no distrito

15 Maio 2019
Montalegre 1 1024 2500

O município de Montalegre é o terceiro melhor classificado a nível distrital e o 78.º nacional, no Rating Municipal Português (RMP) divulgado por estes dias pela Ordem dos Economistas. Na segunda posição está Chaves numa lista liderada por Vila Pouca de Aguiar no distrito. Refira-se que O RMP é um modelo integrado de avaliação dos 308 municípios em 25 indicadores ponderados, reunidos em quatro dimensões principais: governança, serviços ao cidadão, desenvolvimento económico e social, e sustentabilidade financeira. Para o presidente da Câmara de Montalegre, Orlando Alves, estamos perante um resultado que é uma «"chapada de luva branca" para aqueles que fazem política a desdenhar de tudo o que se faz».


Mais um selo de qualidade na gestão do atual executivo municipal. Foi anunciado, pela Ordem dos Economistas, o Rating Municipal Português (RMP), estudo que define os melhores e os piores municípios do país. Montalegre conquista, a nível nacional, um notável 78.º lugar num universo de 308 autarquias. Para além deste registo, é o terceiro município do distrito melhor posicionado. 
Sublinhar que o RMP é um modelo integrado de avaliação dos 308 municípios em 25 indicadores ponderados, reunidos em quatro dimensões principais: governança, serviços ao cidadão, desenvolvimento económico e social, e sustentabilidade financeira. Dos 308 municípios portugueses, 185 são considerados pequenos (com menos de 20 mil habitantes), 99 de média dimensão (com entre 20 mil e 100 mil habitantes) e apenas 24, de grande dimensão, têm mais de 100 mil habitantes. As dimensões e os critérios de avaliação foram estabelecidos com a colaboração de diversas entidades, como o Tribunal de Contas, Direção-Geral das Autarquias Locais, Associação Nacional dos Municípios Portugueses e Inspeção-Geral das Finanças.

TEM A PALAVRA

Orlando Alves | Presidente da Câmara de Montalegre
«É uma vaidade muito grande estarmos na terceira posição a nível distrital. Neste rating, o peso da atividade económica é muito importante. É um momento de orgulho e vaidade muito grande. É, também, uma responsabilidade acrescida que cai sobre o executivo municipal que tudo fará para não perder posições. Esta honrosa posição destrói pela base todas as "choraminguices" e políticas de baixo contexto em que a nossa oposição é perita. Este reconhecimento que nos é dado por instituições imparciais, autónomas e credibilizadas é uma "chapada de luva branca" para aqueles que fazem política a desdenhar de tudo o que se faz. Este posicionamento vem dizer aos barrosões que a Câmara de Montalegre está em boas mãos e somos um bom exemplo na preocupação que temos em sermos uma autarquia com muito boa saúde financeira. O facto de estarmos na 78.ª posição a nível nacional é fantástico. São pingos de esperança para a vida e o futuro da pátria barrosã».

DADOS
Posição no rating global - 78.º
Governança - 122.º
Eficiência da Câmara Municipal - 58.º
Desenvolvimento económico e social - 261.º
Sustentabilidade financeira - 35.º