Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Montalegre
Logótipo de Município de Montalegre
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Presidente | "Sexta 13" - «Catapulta a pátria barrosã»

05 Setembro 2019
Rtp na sexta 13  nov 2015   8  1 1024 2500

A poucos dias do início da primeira "Sexta 13" do ano, o líder do município de Montalegre, Orlando Alves, traça o atual diagnóstico do evento. Um discurso consciente do enorme atrativo que representa o maior espetáculo de rua de Portugal, não só para o concelho como para a região. O edil aplaude, por exemplo, o apoio do Turismo do Porto e Norte - 50 mil euros -, o acordo com uma empresa de bebidas nacionais e alguns reajustamentos na organização, sinais que espelham o impacto turístico do cartaz.


«CATAPULTA A PÁTRIA BARROSû
O autarca defende que estamos perante uma aposta - iniciada em 2002 - que «catapulta a pátria barrosã para o patamar em que ela tem de estar sempre, isto é, um lugar cimeiro das terras com charme e das terras com categoria neste país». Falamos, também, de um evento que se reajusta e que se reinventa. Que já venceu todas as estações e todas as crises. A folia será muita. Aguardam-se milhares de pessoas daí que haja necessidade de introduzir mudanças.

RUA VITOR BRANCO ENCERRADA
Uma delas é o fecho da Rua Vitor Branco, decisão que obriga Orlando Alves a lançar o apelo à máxima compreensão dos munícipes: «é a rua que está paralela à Rua Direita, que está sempre muito congestionada. Por isso, vamos ter de criar ali atratividade para que a multidão se divida pelas três principais ruas onde a "Sexta 13" acontece, ou seja, a Rua Direita, a Rua 25 de Abril e agora a Rua Vitor Branco. Ali vai ficar a zona da restauração, com animação, esplanadas e com espaço para mobilidade de forma a descongestionar a Rua Direita».

CONTRATO COM MARCA DE CERVEJAS
A reboque desta mudança há uma outra que irá ser facilmente notada. A Câmara de Montalegre decidiu contrair negócio com uma empresa de bebidas nacionais. A explicação é simples: «uma vez que as empresas só têm olhos para os festivais que ocorrem todos os anos à beira-mar e que já não precisam de publicidade nenhuma, tivemos de ser nós a tentar criar algumas regras e a chamar as empresas de bebidas, isto é, as cervejeiras e convidá-las a apresentarem uma proposta no sentido de darmos exclusividade dos bares de rua a uma determinada marca de acordo com as propostas que cada uma delas apresentou». O vencedor já foi encontrado. Os cofres do município recebem seis mil euros. Orlando Alves adianta que «é pouco» mas serve para ajudar ao «desenvolvimento e à realização deste evento».

TURISMO DO PORTO E NORTE
CONTRIBUI COM 50 MIL EUROS
Outra "boa nova" tem a ver com este anúncio: «temos o grato prazer de poder anunciar que, finalmente, o Turismo do Porto e Norte decidiu olhar para a "Sexta 13" com os olhos com que merece ser vista e a nova direção deste órgão acaba de bafejar a organização com uma comparticipação de 50 mil euros, o que é, na verdade, muito bom. Vem ao encontro daquilo que entendemos ser devido à região e traduz uma nova postura da nova direção deste órgão que, desta forma simpática, reconhece a importância e o peso que este nosso evento tem na dinamização turística e económica do Norte de Portugal».

"SEXTA 13" | CERTIFICAÇÃO COMO ECOEVENTO
Como oportunamente noticiamos, a "Sexta 13" de Montalegre recebeu a certificação como EcoEvento. A decisão resulta de uma parceria entre o município e a Resinorte, com o apoio do POSEUR (Programa Operacional para a Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos). Com isto, os participantes da "Sexta 13" vão ser sensibilizados para a adoção de boas práticas ambientais, como por exemplo a correta separação e encaminhamento dos resíduos. Deste modo, todos os resíduos separados e recolhidos serão contabilizados e encaminhados para reciclagem, contribuindo desta forma para o alcance das metas ambientais estabelecidas.
Sobre esta matéria, Orlando Alves constata: «enquanto organizadores ficamos chocados com a quantidade de garrafas e copos de plástico que no dia seguinte temos de canalizar para a reciclagem. São às toneladas. Assim, este ano introduzimos a modalidade da compra de um copo que terá gravado uma frase e uma imagem promocional da "Sexta 13". Este copo, de material 100% reciclável, andará pendurado ao pescoço, acompanhando o visitante durante toda a noite, e depois as pessoas poderão levá-lo para casa como recordação. O que pretendemos é que quem vem a Montalegre não venha só com espírito da dança, da diversão, e do convívio à volta de uma bebida fresca. Queremos, também, que sejam as pessoas que aqui vêm a dar o exemplo e se parta para uma nova forma de curtir a vida, sempre no respeito da natureza e do ambiente».


MEMÓRIA
Montalegre - Sexta 13 (Julho 2018)