Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Montalegre
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Presidente ('Sexta 13' e Volta) | «Fizemos de tudo para abrilhantar o dia»

11 Agosto 2021
H pw  36  1 1024 2500

Dado o contexto pandémico que atravessamos, o que devia ser uma jornada memorável para o concelho de Montalegre - com a realização, no mesmo dia, de dois eventos de relevo ("Sexta 13" e passagem da Volta a Portugal) - passa a ser um lamento. Porém, a autarquia não desarma na promoção do território. Orlando Alves, presidente do município de Montalegre, deixa esperança em dias melhores ao mesmo tempo que apela à população a estar presente no coração da vila ou no alto da Serra do Larouco a aplaudir o pelotão e assistir, via online, ao espetáculo da "Sexta 13".


O que espera destes dois grandes eventos no concelho ("Sexta 13" e Volta a Portugal em bicicleta), ambos a realizar esta sexta-feira?
Lamentavelmente não vamos poder ter o impacto destes eventos como gostaríamos devido à crise epidémica que estamos a viver. Trabalhámos, com a organização da Volta a Portugal, no sentido de fazer coincidir a passagem da Volta com a realização da Sexta 13. Devido às normas impostas pela Direção-Geral de Saúde não vamos poder fazer, no formato habitual, a tão desejada "Sexta 13". Vamos, apenas, transmitir o espetáculo via online.

Porém, fica a promoção do território...
É verdade! O investimento da Câmara foi nesse sentido. Na Volta, há o frenesim do evento, são os meios de comunicação social presentes, o helicóptero que faz a cobertura aérea dos últimos quilómetros da prova. Toda a atmosfera que se sente na vila. É um ambiente fantástico!

Um dia com muita gente. Emigrantes em força. Algum apelo?
Deixo o convite à população para estar na vila de Montalegre a dar o seu aplauso aos atletas. Rogo encarecidamente aos nossos emigrantes que compareçam junto à Praça do Município para reconhecerem o esforço dos atletas. Podem também concentrar-se no cimo da serra do Larouco. É lá que acontece o final da etapa.

Apesar do contexto, acredita que podemos ter um dia de relevo?
Sem dúvida alguma. Vamos mitigar esta situação na impossibilidade de podermos realizar os eventos como prevíamos. Queremos manter viva a chama da "Sexta 13" para que, no próximo ano, possamos vivê-la com o entusiasmo habitual. É uma jornada de afirmação da capacidade de fazer dos barrosões. Há que perceber que a "Sexta 13", a vinda da Volta, o Congresso de Medicina Popular, a Feira do Fumeiro, são momentos altos da nossa vida quotidiana, da nossa vida cultural, económica e social. Tudo isto tem a marca da Câmara Municipal de Montalegre, de quem fez, de quem lutou para que as coisas tenham a grandiosidade que hoje têm e sejam potenciadoras da dinamização económica, da criação de emprego e fixação de pessoas ao território.