Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Montalegre
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Agrupamento de Baldios do Barroso

02 Dezembro 2019
Salto   agrupamento de baldios do barroso   12  1 1024 2500

Foi assinado o protocolo para a constituição do Agrupamento de Baldios do Barroso, entre a Coopbarroso, a entidade promotora em Montalegre, e a Forestis. A cerimónia decorreu no auditório do Ecomuseu do Barroso - Casa do Capitão, em Salto. Refira-se que no início do ano foram assinados, em Vila Pouca de Aguiar, os contratos-programa para a constituição de 20 Agrupamentos de Baldios que envolvem o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), em representação do Estado, a Federação Nacional dos Baldios (Baladi) e a Associação Florestal de Portugal (Forestis). A ideia é apoiar a criação de Agrupamentos de Baldios, envolvendo um financiamento de 3,6 milhões de euros ao longo de três anos, assegurado pelo Fundo Florestal Permanente.


TEM A PALAVRA

Orlando Alves | Presidente da Câmara de Montalegre
«A organização foi perfeita na materialização deste processo. Está constituído um agrupamento de baldios que passa a ter uma gestão partilhada e que conta com o apoio técnico da Forestis que tem tradição na gestão do baldio e na valorização da floresta. Somos o país que menos aposta na certificação da floresta e estamos a tratar de dar os passos certos para que se faça a certificação. Haverá mais comércio e maior valorização do produto. Associamos a isto, políticas de povoamento florestal e uma gestão racionalizada desta fileira. Agradeço o trabalho desenvolvido pelo vereador David Teixeira em articulação com a Coopbarroso. A Câmara de Montalegre está presente para apostar na natureza e na floresta».

Luís Braga da Cruz | Presidente da Forestis
«É um protocolo muito importante. Pretende-se que haja um melhor desempenho na gestão florestal dos baldios. São áreas muito importantes e vistas com interesse por quem comercializa na indústria da madeira. A praga dos incêndios também beneficia da má gestão da floresta. A nossa ambição é de criar 10 agrupamentos de baldios na área onde a Forestis tem associações de produtores florestais. Queremos criar hábitos de maior responsabilidade por parte dos proprietários e corrigir o que está mal em matéria de cadastro e registo dos baldios. O nosso desígnio é que os perímetros florestais de Montalegre sejam bem geridos, possam ter floresta certificada a cumprir regras europeias com maior proveito e rendimento para todos. A madeira de floresta certificada tem prémio de preço e, por isso, vale a pena apostar nessa valorização».

Nuno Sousa | Presidente da Coopbarroso
«É uma ferramenta fundamental para uma boa gestão das áreas dos baldios. Temos uma grande área que não estar a ser verdadeiramente aproveitada. O agrupamento vai permitir meios materiais e técnicos para ajudar os gestores dos baldios. É um projeto a nível concelhio. Chama-se "Agrupamento de Baldios do Barroso" e refere-se ao território concelhio. Inicia em Salto, devido à concentração de baldios nesta freguesia, mas vai estender-se a todo o território. Vai ser uma mais-valia».

salto___agrupamento_de_baldios_do_barroso___1_
salto___agrupamento_de_baldios_do_barroso___3_
salto___agrupamento_de_baldios_do_barroso___5_
salto___agrupamento_de_baldios_do_barroso___6_
salto___agrupamento_de_baldios_do_barroso___8_
salto___agrupamento_de_baldios_do_barroso___10_
salto___agrupamento_de_baldios_do_barroso___11_
salto___agrupamento_de_baldios_do_barroso___13_
salto___agrupamento_de_baldios_do_barroso___14_
salto___agrupamento_de_baldios_do_barroso___15_