Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Montalegre
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Concelho | Incêndios - CMDFCI (Reunião)

04 Maio 2021
Cmdfci  reuniao   4 maio 2021   3  1 1024 2500

Na sequência da reunião realizada no passado 20 de abril, a Comissão Municipal da Defesa da Floresta Contra Incêndios (CMDFCI) voltou a reunir, no salão dos Paços do Concelho, com o intuito de encontrar uma estratégia comum de combate ao incêndios florestais. Deste encontro, resultou um plano de ação com orientações bem definidas no qual o grupo de trabalho irá dar as respetivas indicações.


TEM A PALAVRA

David Teixeira | Vice-presidente da Câmara de Montalegre
«Quero agradecer o empenho e a dedicação de todas as entidades envolvidas em prol do concelho de Montalegre. Temos uma realidade negativa, com um grande número de ignições. Esta reunião mostrou que temos uma estratégia plenamente construída, depois da identificação das causas e motivações, no fundo, a origem de todo este desastre a nível ambiental. Estamos em condições de definir uma linha orientadora para a estratégia que está a ser feita no âmbito da floresta. Sabemos que o nosso foco concelhio é mais no pastoreio, na produção animal. Este facto torna as pessoas muito distantes da floresta. No entanto, não há desenvolvimento nem vida humana sem a qualidade ambiental. O município está decidido em encetar uma espécie de projeto-piloto que poderá ser extensivo a toda a CIM Alto Tâmega. A ideia é fazer uma valorização da floresta, um novo uso desta paisagem e que haja uma mudança de comportamentos. Acredito que podemos ter um Verão mais sossegado. Sou dos que acham que o concelho não arde por maldade. Arde porque as populações estão mais envelhecidas, arde porque os pastores precisam da renovação de pastos e arde porque, por vezes, há confusão com as regras e com aquilo que é legal ou não fazer-se a nível de queimas e queimadas. Muitas vezes não é percebido pelas populações. É preciso este trabalho estrutural e que as pessoas que vivem neste território queiram fazer parte da solução».

Sandra Sarmento | Diretora regional do ICNF
«Depois de termos feito um diagnóstico com todas as entidades, definimos uma estratégia e identificamos um conjunto de projetos para implementar no terreno. Entendemos que seria importante cruzarmos as conclusões desta reunião e tentar transportar algumas das reflexões que aqui fizemos para a realização do projeto-piloto que temos em curso no âmbito da CIM Alto Tâmega. Esta reunião trouxe, também, um conjunto de responsabilidades para todas as entidades que aqui estiveram. A ideia é operacionalizar algumas das medidas para darmos uma resposta concreta. Concluímos que a problemática existente no concelho de Montalegre já tem algum tempo. Está plenamente identificada. Torna-se necessário fazer um exercício de sensibilização direcionado para a questão das queimas e das queimadas. Há um mau uso do fogo. Também temos que dar um apoio à realização de pastagens e um conjunto de intervenções para a gestão de combustíveis. Há, também, a questão da vigilância. Temos que reforçar o acompanhamento. O próximo passo é fechar este documento estratégico que estamos a preparar e fazer com que os grandes projetos que aqui foram identificados sejam colocados numa estratégia mais alargada, ao nível da CIM Alto Tâmega».

cmdfci__reuniao___4_maio_2021___1_
cmdfci__reuniao___4_maio_2021___5_
cmdfci__reuniao___4_maio_2021___4_
cmdfci__reuniao___4_maio_2021___6_
cmdfci__reuniao___4_maio_2021___8_
cmdfci__reuniao___4_maio_2021___7_
cmdfci__reuniao___4_maio_2021___9_
cmdfci__reuniao___4_maio_2021___12_