Passar para o Conteúdo Principal Top
Montalegre
Logótipo de Município de Montalegre
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

UF de Meixedo e Padornelos

brasao-uf-meixedo-padornelos

Como Gralhas e outras mais, Meixedo foi uma das honras de Barroso.

Por ser lugar honrado os reis não possuíam aí reguengos. Bem pelo contrário o seu termo (só de Meixêdo) constituía “um couto coutado por padrões separados que coutou o Senhor Rei Afonso primeiro ao Hospital” (à ordem dos Hospitalários). Esta tinha sido fundada após a conquista de Jerusalém pelos Cruzados, em 1099. Por ser a única dádiva à dita Ordem dos Hospitalários, em Barroso, a gente de Meixedo deve considerar-se muito honrada. A Capela de São Sebastião é um dos poucos sinais vivos da enormíssima devoção a este Santo, depois da peste de 1570, e, sobretudo, após o renascimento do Sebastianismo, com a morte de D. Sebastião, em 4 de Agosto de 1578.

Pertence hoje à freguesia a povoação de Codessoso que antigamente pertenceu à freguesia da Chã. Nesta povoação, em 1258, pagavam ao rei a oitava de todos os frutos excepto a herdade de cavaleiros e de Dona Maiorina. E, pelo São Miguel, os de Codessoso (as mais antigas referências deste topónimo não autorizam outra grafia) tinham de entregar simples espáduas com pão e, como todos os da Chã, iam ao apelido e davam a refeição e a cevada ao mordomo do senhor rei. Pelo termo de Codessoso passava um caminho medieval importante que servia diversos lugares da enorme paróquia da Chã, ao tempo das Inquirições de D. Afonso III: Negrões, Vilarinho, Lamachã, Morgade, Carvalhais e Rebordelo, Fírvidas e Gralhós, além das herdades ribeirinhas do Regavam (sic).

Padornelos: É a referência lógica à terra fria barrosã, desde os tempos de Camilo, muito antes de Ferreira de Castro! Mas Padornelos goza de outras referências bem mais importantes (ou devia gozá-las)! Importa recordar que lhe foi concedido um foral autêntico, por D. Sancho I e confirmado, a 5 de Outubro de 1266, por D. Afonso III. Foi ‘’conselho sobre si’’, isto é, gozava dos privilégios que aos grémios municipais se concediam: “Os homens dePadornelos devem meter juíz e serviçal e mordomo e clérigo” E assim, por este documento que substituía o de Sancho I, se conferia existência jurídica ao rudimentar concelho, com magistraturas próprias. Dessas glórias antigas (foi depois uma das honras fronteiriças de Barroso) sobeja ainda o facto de ter direito a capitão residente para poder arregimentar homens, dos 18 aos 60, para a defesa nacional, sempre que Portugal fosse acossado.

  • Área: 35.8 km2
  • Densidade Populacional: 8.5 hab/km2
  • População Presente: 305
  • Orago: Nossa Senhora da Natividade(Meixedo) e Santa Maria(Padornelos).
  • Pontos Turísticos: Calvário, Largo Central, Capela de São Sebastião (Meixedo), Miradouros - Portelo e Larouco,  Forno e Casa do Capitão(Padornelos).
  • Lugares da Freguesia(4): Meixedo, Codeçoso, Padornelos e Sendim .
  • Morada: União de Freguesias de Meixedo e Padornelos, Rua da Bouça n.º 5
    5470-171 Meixedo - Montalegre.
  • Telefone: 962 418 358
  • Website: http://www.jfmeixedo.com

7_MEIXEDO_PADORNELOS_Ricardo_Moura

  • Presidente de Junta: 
    • Ricardo Pires de Moura
  • Membros do Executivo:
    • Presidente: Ricardo Pires de Moura - PS
    • Secretário: Paulo Jorge Baía Barros - PS
    • Tesoureiro: Sandra Manuela Ventura Rua Seara - PS
  • Membros da Assembleia de Freguesia:
    • Presidente: José Paulo Moura Machado - PS
    • Joaquim Evaristo Pinto Rebelo - PS
    • João Lucas Gonçalves da Cruz - PS
    • José Luís Martins Urbano - PS
    • Domingos Alves Teixeira - PS
    • João Caldas Rua - PSD/CDS
    • Luis Miguel Alves de Moura - PSD/CDS

População

2011 2001
População Total 333 235
População Feminina 172 118
População Masculina 161 118
População dos 0-14 25 0
População dos 15- 24 21 0
População dos 25- 64 140 0
População com mais de 65 anos 141 0
Famílias 149 0

Habitação

2011 2001
Edifícios 549 266
Alojamento 548 266

Eleitores

2011 2001
Eleitores 649 382